Benefícios

Contagem de contribuição à Previdência Social

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) possui o sistema de contagem de contribuição do INSS que tem como objetivo calcular quanto tempo de contribuição que o trabalhador possui. Para realizar essa consulta muitas pessoas se dirigem as agências em busca de informação e acabam tendo que enfrentar filas para realizar uma ação simples que pode ser feita na internet no site do Ministério da Previdência Social. Para te ajudar preparamos hoje uma série de informações que vai te ensinar como realizar a Contagem de contribuição do INSS na internet.

A vantagem de realizar serviços pela internet é principalmente o fato de não ser necessário enfrentar filas e passar horas esperando o atendimento. Já que temos a opção de realizar um serviço pela internet então nada melhor do que aproveitar essa vantagem. Vamos ver então como realizar a contagem de contribuição do INSS.

Como realizar a contagem de contribuição do INSS

Para solucionar a sua dúvida de como realizar a contagem de contribuição do INSS preparamos um guia prático que irá resolver de uma vez suas dúvidas. Acompanhe a seguir, mas antes não deixe de também se informar sobre a Tabela INSS 2019 Atualizada!

Antes de iniciar a contagem de contribuição do INSS você precisa estar com os seguintes documentos:

  • Número do NIT
  • RG
  • CPF
  • Carteira de Trabalho
  • Carnês de pagamento do INSS.

Para realizarmos a simulação é preciso acessar o site da Previdência Social no endereço www5.dataprev.gov.br/PortalSibeInternet

Ao acessar o endereço você será redirecionado para página que tem por finalidade fazer a simulação do cálculo do tempo de contribuição do trabalhador.

Nesse ponto você precisará preencher os seguintes dados:

  • NIT (PIS, PASEP, CICI)
  • Código de Segurança
  • Após preencher os campos clique em “Confirmar”.

Veja os campos na imagem a seguir:

Esse processo é apenas uma simulação, sendo assim são considerados no cálculo apenas a data inicial e a data final do seu período empregativo.

Através desse sistema de contagem de contribuição do INSS é possível que o contribuinte também faça a simulação da aposentadoria, essa simulação calcula quanto tempo ainda falta para que o contribuinte tenha o direito de receber o benefício de aposentadoria, ou no caso do servidor público a simulação indica se o mesmo já possui direito ao benefício.

Os contribuintes da Previdência Social que não possuem internet para realizar a contagem de contribuição do INSS podem optar por agendar o atendimento para realizar a contagem de tempo de contribuição do INSS pela Central de atendimento 135. O contribuinte precisará apenas ligar para o número 135 e fornecer ao atendente:

  • NIT – Número de Identificação do Trabalhador (PIS, PASEP)

ou

  • CICI – Cartão de Identificação do Contribuinte Individual

Na ligação você irá marcar uma data e um horário para que você possa comparecer a uma das agências da Previdência Social.

Não se esqueça de comparecer os os seus documentos pessoais!

Fim do Abono Salarial?

Sacar o PIS Trabalhadores que exerceram atividades laborais remuneradas, em 2019, devem ficar atentos às datas de liberação do benefício que ocorrerá agora em julho, a partir do dia 15. O objetivo do Programa de Interação Social PIS, é promover ao trabalhador da iniciativa privada um bônus pelo desenvolvimento da empresa.

Para sacar o PIS o trabalhador deve estar inscrito no programa há pelo menos cinco anos, ter trabalhado no mínimo trinta dias em 2019, ter recebido até dois salários mínimos por mês, e ter seus dados informados pelo empregador na RAIS (documento de responsabilidade do empregador que deve ser entregue na Caixa Econômica).

Existem algumas situações especiais no qual o PIS também é liberado. São elas:

  • Aposentadoria;
  • Invalidez permanente;
  • Idade igual ou superior a 70 anos;
  • Titular ou dependente portador do HIV;
  • Titular ou dependente com diagnosticado com câncer;
  • Morte do participante;
  • Pessoa portadora de deficiência.

Sacar o PIS

Existem 4 formas para recebimento do benefício e posteriormente sacar o PIS, mas antes você pode realizar a consulta PIS, para assim, saber se o valor está liberado.:

  1. Se você tem conta na Caixa Econômica, o abono será depositado automaticamente.
  2. Com seu Cartão do Cidadão, você poderá sacar seu benefício em qualquer agência da Caixa Econômica e seus caixas eletrônicos, casas lotéricas, e correspondentes da bancários da Caixa Econômica.
  3. Nas agências da Caixa, de posse do seu número do PIS acompanhado de um documento de identificação pessoal, com foto, válido em todo o território nacional.
  4. Se a empresa em que você trabalha é conveniada com a Caixa Econômica, seu abono será pago diretamente na folha de pagamento, na data específica que consta no calendário de liberação.

Não se preocupe, se você tem direito a esses rendimentos e cotas, não perderá o abono, eles não se anulam. Fique atento aos prazos divulgados pela Caixa Econômica através de jornais, rádios, TV e mídias online! Caso você não saque o benefício, ele não acumula, volta para o governo, para o FAT Fundo de Amparo ao Trabalhador (http://portal.mte.gov.br/fat/fundo-de-amparo-ao-trabalhador-fat.htm).